Conhecendo JSP - Parte 01 - Introdução


#1

Olá! Resolvi escrever esta pequena série da Novela JSP para todos para ajudar os usuários do ScadaBR compreender um pouco de como funciona o ScadaBR, não sou um especialista no assunto, mas acho de suma importância o usuário conhecer um pouco sobre como o ScadaBR funciona internamente. Falaremos sobre as JSP (Java Server Pages). Não quero tratar tudo sobre JSP pois não é o objetivo, contudo tentarei falar um pouco sobre JSP como introdução.

O ScadaBR é uma aplicação rodando num Servidor Java WEB, no caso o Servidor Apache Tomcat. Os arquivos web do ScadaBR podem ser arquivos .jsp, mas o que são estes arquivos?

Para programadores que conhecem PHP, sabem que existem além das tags html que a página php podem ter, o servidor php, as ignoram, pois são processadas pelo navegador de internet do usuário, para o servidor php, ao achar as tags <?php e a tag ?>, o servidor php ao ler estas tags, sabem que o seu conteúdo são comandos do php e devem ser executados pelo servidor antes de entregar a página para o usuário, o usuário vai visualizar somente html. É através deste recurso que torna o php tão dinâmico. Pois permite o processamento de informações pelo servidor web antes de entregar o conteúdo ao usuário. esse código permite por exemplo pegar uma informação num banco de dados, tratar essa informação e devolver ao navegador o resultado.

O arquivo .jsp tem um comportamento parecido com o do php, contudo, não usa comandos do PHP, no caso, além das tags html que passam sem serem processadas pelo servidor tomcat, da mesma forma como ocorrem com o php, no caso do JSP, são tags que começam com <% e terminam com %> Estas tags tem um significado especial que vamos conhecer. a frente.

Mão na massa:

use o seu editor de texto simples predileto (bloco de notas, notepad, gedit, nano, vi…) e crie um arquivo de texto simples, não é necessário instalar nenhuma IDE como netbeans, eclipse para estes exemplos simples…

Crie um arquivo chamado primeiro.jsp e coloque na pasta
\ScadaBR\webapps\ScadaBR\

o Conteúdo esta abaixo:

<html>
<head><title>Meu JSP no ScadaBR!</title></head>
<body>
  <h1>Meu primeiro jsp! </h1>
   <p>Que Funciona!</p> 
</body>
</html>

Salve o arquivo e com o ScadaBR funcionando, abra a página:

http://localhost:8080/ScadaBR/primeiro.jsp

image

Voilá! Seu primeiro jsp foi criado!

OK! é apenas um html simples com extensão jsp, mas funciona! Vamos incrementar um pouco, vamos colocar uma variável que virá de um parâmetro chamado externamente ao jsp…

Edite um novo arquivo chamado segundo.jsp e coloque na mesma pasta do primeiro.jsp…

este é o conteúdo:

<html>
    <head><title>Meu JSP no ScadaBR!</title></head>
    <body>
      <h1>Teste de vari&aacute;vel! </h1>
      <p>teste = <%= request.getParameter("teste") %>!</p> 
       <p>teste = ${param.teste}!</p> 
    </body>
    </html>

Agora via navegador de internet:
e chame o endereço:

http://localhost:8080/ScadaBR/segundo.jsp?teste=23

O resultado esta abaixo:
image

O que aconteceu?

A Página segundo.jsp tem um item novo: o ${param.teste}
Este parâmetro ${variavel} é um Expression Language e
serve para mostrar o conteúdo de uma variável, no nosso caso, quando a página foi chamada, foi informado um parâmetro chamado teste com o valor 23.
Este parâmetro é conhecido como parâmetro de solicitação, Os parâmetros de solicitação, são parâmetros enviados na url do pedido da página. Funcionam assim: http://site/pagina?parametro=1&parametro2=33&variavel=5

No jsp, é criado vários objetos, um deles é o objeto request. e dentro dele, temos os parâmetros que acima na requisição da página do tipo GET, você viu parâmetro, parametro2 e variável.

Numa chamada GET, os parâmetros são colocados na URL, no método POST, no cabeçalho da requisição, o GET é simples de saber pois é transparente, o POST é melhor pois esconde da url os parâmetros passados, colocando dentro do cabeçalho da requisição HTTP e enviado para o servidor web. Este por sua vez vai entregar a página chamada os parâmetros passados. Cada parâmetro pode ser exibido com

${'nome_da_variavel"}

no lugar de

<%= request.getParameter("teste") %>

Tanto um modo quanto ao outro são funcionais e permitem o envio de parâmetros de um lado para outro via url. Não tratarei de requisições POST HTTP, pois não é o foco dos artigos

Na próxima lição vamos conhecer mais os objetos que um jsp possui por padrão quando é criado ou chamado. Até breve!


#2

Sem palavras Wagner!

Bom, algumas palavras… Excelente contribuição!!

Um abraço